O Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconsiderou a decisão que havia destituído Marcus Vinícius Holanda do comando nacional do Pros e devolvido a presidência do partido a Eurípedes Júnior. Com isso, Holanda volta a presidir a sigla e as articulações feitas antes da destituição voltam a prevalecer. Entre elas, o apoio do diretório goiano à reeleição do governador Rona...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários