Vereadores avaliam se o projeto que vai fazer com que o ajuste do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), em 2023 e 2024, seja somente pela inflação pode significar aumento acumulado do imposto em 2025. Em prestação de contas na Câmara Municipal de Goiânia, nesta quarta-feira (15), o prefeito Rogério Cruz (Republicanos) disse que não haverá acúmulo. O POPULAR adiantou q...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários