Treze pessoas envolvidas na comercialização de ouro extraído ilegalmente de garimpos na Amazônia foram denunciadas. A denúncia ocorreu depois de investigação da Polícia Federal ter chegado ao grupo que retirava minérios do Mato Grosso e os enviava para a Itália. A investigação começou em Goiás depois que foram descobertos 110 quilos de ouro com notas fiscais falsas ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários