A empresária Nádia Lopes, de 35 anos, moradora de Petrópolis, no Rio de Janeiro é uma das oito mulheres intimadas a depor nesta quinta-feira (7) em julgamento envolvendo o líder religioso João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus. Pela primeira vez ela decidiu se identificar em uma entrevista e denuncia que foi vítima dos abusos no ano de 2014, quando buscava ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários