Três médicos que fazem parte da equipe que realizou o parto de um bebê que teve o braço fraturado ao nascer foram ouvidos pela Polícia Civil nesta quarta-feira (5). O caso aconteceu no dia 18 de dezembro na Maternidade Marlene Teixeira, em Aparecida de Goiânia. A mãe da criança, Vanessa Tomé Vieira, registrou o Boletim de Ocorrência e levou o recém-nascido para fazer o exam...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários