Litro da gasolina chega a R$ 7,48 e do etanol a R$ 5,79, em postos de Goiânia

Os combustíveis continuam seguindo uma trajetória de alta em Goiânia. Ontem, o litro da gasolina já estava sendo vendido por até R$ 7,479 e o do etanol chegou a custar até R$ 5,799 na capital. Na semana passada, Goiânia voltou a figurar como a segunda capital com a gasolina mais cara do País, segundo a pesquisa semanal da Agência Nacional de Petróleo (ANP). Também chama atenção a grande variação entre os preços praticados nos revendedores, o que reforça a importância de pesquisar antes de abastecer o veículo.

Ontem, segundo o aplicativo EON - Economia Online, da Secretaria de Estado da Economia, que publica os preços praticados no mercado goiano em tempo real, o litro da gasolina custava R$ 6,52 num posto e R$ 7,47 em outro, uma diferença de R$ 0,95. Já o preço do litro do etanol variava de R$ 4,99 a R$ 5,79, diferença de R$ 0,80.

Goiânia libera dose de reforço a todos os adultos

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia começa, nesta quarta-feira (16), a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em pessoas com 50 anos ou mais. O cronograma, que atende a nova estratégia anunciada pelo Ministério da Saúde (MS), segue até dia 25, quinta-feira da semana que vem, quando tem início o reforço nas pessoas com 18 anos ou mais (veja quadro abaixo). São elegíveis ao reforço quem tomou duas doses dos fármacos da Pfizer, AstraZeneca ou Coronavac há pelo menos cinco meses.

A estimativa da SMS é de que 163 mil moradores de Goiânia já têm o prazo mínimo exigido para tomar a dose de reforço. Até esta terça-feira (16), este intervalo era de seis meses. Mas o Ministério da Saúde resolveu encurtá-lo em um mês. De acordo com a secretária-executiva da SMS, Luana Ribeiro, a mudança tem relação com a oferta de vacinas – para o reforço, é usado, exclusivamente, o imunizante da Pfizer. “Ao contrário do que ocorreu no início (da campanha), temos recebido remessas semanais. Aumentou a quantidade de vacina, que tem chegado de forma periódica e rotineira”, explica.

Mais de 161,7 mil estudantes se preparam para o Enem em Goiás

Mais de 161,7 mil estudantes do Estado de Goiás estão inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será aplicado nas modalidades impressa e digital, nos dias 21 e 28 de novembro. No Brasil, são mais de 4 milhões neste ano.

A maioria dos participantes do exame em Goiás (159.970) fará a modalidade impressa, e 1.800 a digital. O Enem digital será exclusivo para quem já concluiu o ensino médio ou está finalizando esta etapa da formação em 2021.