A Carteira de Identificação do Autista deverá ser implementada em Goiânia nos próximos 90 dias. O documento irá identificar pessoas diagnosticadas com o Transtorno do Espectro Autista (TEA), de modo a facilitar o atendimento preferencial em órgão da administração pública direta e indireta e em instituições privadas. A lei foi sancionada pelo prefeito Rogério Cruz (...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários