A Justiça de Jandaia, cidade no centro de Goiás, decretou, na tarde desta terça-feira (16), a prisão preventiva do conselheiro tutelar suspeito de ameaçar a ex-mulher com tiros para o alto em frente ao trabalho dela e de enviar imagens da filha dos dois segurando uma arma. No entanto, o suspeito está foragido e segue sendo procurado pela Polícia Civil. Segundo o docu...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários