A educação infantil da rede privada de Goiás perdeu 31,55% das matrículas nos últimos três anos. A queda também observada na rede pública inverteu um cenário de acréscimos ininterruptos observados desde 2014. Segundo especialistas e profissionais do setor, o fenômeno foi causado pelos efeitos da pandemia da Covid-19, que impôs obstáculos financeiros e sociais para fa...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários