Moradores de 19 bairros de Goiânia e Aparecida de Goiânia ficaram 2h10 minutos sem energia no fim da noite desta quinta-feira (05). O apagão foi provocado por um animal que encostou em um dos equipamentos da Subestação do Jardim Atlântico, provocando uma curto-circuito. A queda aconteceu às 21h40 da noite, e o serviço foi normalizado às 23h50.

De acordo com a Enel Goiás, após o incidente a companhia realizou manobras na rede e na subestação atingida, para isolar o defeito provocado pelo curto-circuito e recuperar a capacidade distribuição da unidade.

Entre os bairros impactados com a queda de energia estão: Parque Amazônia, Jardim Atlântico, Jardim América, Setor Bela Vista, Setor Serrinha, Jardim Nova Era, Conj. Residencial Santa Fé, Cidade Empresarial, Jardins Vieira, Bairro Ilda, Vila Mariana, Cidade Vera Cruz, Jardim Presidente, Faiçalville, Jardim Europa, Vila Divino Pai Eterno, Jardim Planalto e Jardins Madri.

Quedas constantes

De acordo com ranking de 2021 da Aneel, a Enel Goiás ficou em 27º lugar entre as companhias responsáveis pela distribuição de energia nos estados brasileiros. No ano passado os goianos ficaram 18,75 horas, em média, sem luz. O resultado da Enel Goiás está acima do limite estabelecido pelo órgão regulador, que é de 12,58 horas.

Leia também

Enel é de novo a 3ª pior concessionária de energia elétrica do País

Enel Goiás descumpre de novo meta firmada com a Aneel

Confira a nota da Enel Goiás

A Enel Distribuição Goiás informa que o fornecimento de energia nos bairros impactados em Goiânia e Aparecida de Goiânia foi integralmente normalizado por volta das 23h50. A companhia esclarece que um animal provocou um curto-circuito num equipamento de uma subestação, interrompendo o serviço em alguns bairros na noite de hoje.

A distribuidora iniciou imediatamente as manobras telecontroladas na rede e na subestação, possíveis graças à tecnologia instalada pela companhia, para isolar o trecho com defeito e recuperar o maior número possível de clientes e, em cerca de 1 hora, 40% dos clientes foram normalizados.

Adicionalmente, equipes emergenciais foram direcionadas para o local e iniciaram a inspeção da rede para identificar as causas da interrupção e retomar o serviço em sua totalidade. Às 23h18, 98% dos clientes foram normalizados e, às 23h48, 100% dos clientes tiveram o fornecimento restabelecido. A Enel acrescenta que equipes seguem no local finalizando os reparos no trecho afetado.