Uma portaria assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, Alexandre Pinto Lourenço, determina que os delegados atuantes dentro da regional de Anápolis devem seguir procedimentos obrigatórios em todos os casos de mortes durante intervenções de policiais militares. Entre as medidas necessárias, está o pedido de uma série de perícias. A portaria 261, publicada n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários