O desembargador aposentado Orloff Neves afirmou, por meio de seu advogado, que nunca houve pagamento de propina por parte do padre Robson de Oliveira Pereira, ao contrário do que diz a Polícia Federal no pedido de prisão feito no dia 16 contra o religioso.  Segundo a defesa de Orloff, o advogado que falou sobre a propina em conversa gravada encontrada no c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários