Dois dos três homens mortos dentro da Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, nesta terça-feira (26), eram vizinhos no Setor Buriti Sereno antes da prisão e respondiam pelo mesmo crime: a morte encomendada de um dono de barbearia no bairro. Matheus Junior Costa de Oliveira, de 20 anos, e Hyago Alves da Silva, de 19, foram detid...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários