A cada 100 crianças nascidas no Brasil, uma apresenta a chamada cardiopatia congênita, uma malformação no coração. A estimativa do Ministério da Saúde é que a cada 20 minutos nasça um cardiopata no país. Apenas em Goiás, considerando os números do Portal da Transparência de Registro Civil, são 347 cardiopatas nascidos em Goiás no ano de 2022 e pelo menos 794 em 2021. E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários