A mulher que atropelou e matou Bárbara Angélica Barbosa Silva em frente a uma distribuidora no dia 21 de abril desde ano no Jardim Pompéia se tornou ré no processo. A acusação apresentada pelo Ministério Público que aponta Murielly Alves da Costa, de 27 anos, como autora de um homicídio qualificado, por motivo fútil, e por tentativa de homicídio  foi aceita pela justiç...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários