Atualizado em 13/01/2022 às 18h32min  O empresário preso em flagrante nesta terça-feira (11), suspeito de armazenar pornografia infantil em dispositivos eletrônicos e incentivar atos sexuais contra uma criança de 10 anos, foi solto após pagar fiança no valor de R$ 12 mil, poucas horas após ser preso. A fiança foi arbitrada porque a pena máxima do c...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários