Um engenheiro foi preso na última sexta-feira (22) no município de Barro Alto, a cerca de 250 quilômetros de Goiânia, suspeito de fraudar documentos em um processo licitatório da prefeitura. O suspeito, representante de uma empresa, teria apresentado uma certidão negativa que, conforme verificado pela polícia, era adulterada. A Polícia Civil efetuou a prisão do eng...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários