A escolha de Angelita Lima pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para ser a nova reitora da Universidade Federal de Goiás (UFG) gerou bastante repercussão na manhã desta terça-feira (11). Uma série de entidades ligadas a movimentos estudantis e à universidade divulgou uma nota de repúdio pela nomeação. A nota é assinada pelo Sindicato dos Docentes das Universidades...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários