Salvo por policiais penais de ser morto esfaqueado por um colega de cela na Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, o auxiliar de costura Luiz Henrique Batista Maciel, de 28 anos, é acusado de ter participado da morte de outro detento, dois anos antes, quando estava custodiado no Presídio Estadual de Anápolis. Na última quarta-feira (...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários