Autoridades municipais de Saúde de Goiânia devem receber ainda esta semana um alerta de pesquisadores do Instituto de Química (IQ) da Universidade Federal de Goiás (UFG) sobre o aumento da carga de coronavírus (Sars-CoV-2) na rede de esgoto da capital. Desde o dia 18 de agosto do ano passado não havia uma concentração tão alta do vírus no sistema, um aumento crescente const...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários