O inquérito que apura a denúncia que atribui a morte do barbeiro Chris Wallace da Silva, de 24 anos, a agressões cometidas por policiais militares de Goiânia conta com depoimento de testemunha que diz ter presenciado a ação. O relato, obtido com exclusividade pelo POPULAR, aponta que a série de agressões ocorreu após militares questionarem horário em que jovem estava na rua: por volta das 19 horas. No depoimento dado à Polícia Civil, a testemunha diz que cami...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários