A implantação do Novo Ensino Médio tem preocupado alguns dos gestores das 367 escolas goianas que irão aderir ao projeto-piloto do novo formato em 2022. A estrutura física e os recursos humanos limitam as escolhas de alguns diretores e o tempo hábil para preparação de professores e a mudança de paradigma que precisa ser trabalhada com estudantes são considerados grandes desafio...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários