A Festa junina de Caldas Novas, marcada para acontecer entre os dias 22 e 25 de junho, foi suspensa após uma recomendação feita pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), por meio do promotor de Justiça Sávio Fraga e Greco, ser acatada em decisão liminar. O pedido foi feito em razão de uma dívida contraída pelo fundo de saúde do município em 2017, com valor a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários