De 2017 a 2021, Goiás figura como o vice-líder em número de pessoas resgatadas pela fiscalização do trabalho em condições análogas à escravidão, com 609 registros. Minas Gerais lidera com 2.603 casos. Em uma série histórica mais abrangente, de 1995 a 2020, foram 4.109. O número consolidado pelo Smartlab é maior que a população de um terço de cada um dos 246 municí...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários