Um homem de 56 anos foi preso em flagrante, na manhã da última quarta-feira (3), suspeito de se passar por advogado para visitar seu filho preso na Casa de Prisão Provisória (CPP), em Rio Verde. De acordo com informações da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) o homem se identificou como advogado para ter acesso ao seu filho, que está detido na CPP...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários