Atualizada às 19h40

Um homem em aparente surto psicótico foi morto na tarde desta terça-feira (2), no Jardim América, em Goiânia, durante uma abordagem da Polícia Militar (PM). Segundo a corporação, os policiais foram acionados para atender uma ocorrência em que um homem "muito agressivo" estava atacando pessoas e causando danos em veículos. A Polícia Civil (PC) informou que o indivíduo não estava armado, mas subiu na viatura e agrediu os policiais, que "precisaram" revidar por "legítima defesa”.

O delegado Rhaniel Almeida, da Delegacia de Homicídios (DIH) de Goiânia, confirmou à rádio CBN Goiânia a versão da PM, na qual afirma que o homem estava agredindo outras pessoas e danificando veículos. Além disso, conta que os policiais tentaram conversar com o rapaz, mas que ele "estava em surto psicótico e não obedeceu às ordens dos agentes".

Em um vídeo, é possível observar quando o homem salta sobre a viatura, pula e danifica a lataria e, já no asfalto, dá um cambalhota no chão. Ele finaliza com uma pose de luta. A gravação também mostra os policiais nesse momento fora da viatura com as armas apontadas para o suspeito. Contudo, o disparo não é filmado.

Segundo a nota da PM, as imagens mostram o homem partindo em "direção a um dos policiais no intuito de agredir o PM, momento este em que os policiais não tiveram outra opção e, para resguardar a própria vida e a de terceiros, efetuaram dois disparos no agressor". Os policiais destacam ainda que foi solicitado o socorro médico para o homem, porém quando a equipe de salvamento chegou o óbito foi constatado no local.

A Polícia Militar informa que será instaurado um Inquérito Policial Militar para apurar todas as circustâncias do fato ocorrido.

A Polícia Civil informou à CBN que está buscando por parentes da vítima e que já coletou as imagens das câmeras próximas ao local para entender o que aconteceu, mas destaca que “aparentemente” o homem estava em "surto psicótico".

A reportagem tentou falar com o delegado responsável pelo caso, mas foi informada pela assessoria de imprensa que “ele não vai falar sobre o assunto”. A assessoria pediu para procurar a Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSP). Uma nota foi solicitada à SSP, que não retornou até a última atualização desta reportagem.

Confira na íntegra a nota da Polícia Militar do Estado de Goiás:

A propósito do pedido de nota sobre a ocorrência policial no bairro Jardim América, em GoiâniaGO, a Polícia Militar de Goiás informa o que segue: A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência em que um homem muito agressivo estaria atacando pessoas e causando danos em veículos.

A despeito da veiculação de que o homem já estaria amarrado por civis, esclarecemos que conforme relato dos policiais e imagens do fato, verifica-se que no momento da abordagem o agressor não estava amarrado, demostrando um comportamento incontrolável e violento, desconsiderando toda e qualquer ordem realizada pelos policiais na tentativa de controlar a situação.

Pode-se analisar nas imagens que o homem saltou sobre a viatura e ficou pulando, ato seguinte, foi em direção a um dos policiais no intuito de agredir o PM, momento este em que os policiais não tiveram outra opção e para resguardar a própria vida e de terceiros, efetuaram dois disparos no agressor.

De imediato foi solicitado o socorro médico, porém quando da chegada da equipe de salvamento foi constatado o óbito no local.

A Polícia Militar de Goiás informa ainda, que será instaurado um Inquérito Policial Militar para apurar todas as circunstâncias do fato ocorrido.

Leia também: 

- Mãe denuncia que filho foi morto por PMs dentro de casa em São Luís de Montes Belos

- Soldado preso por chacina em Goiás é liberado para fazer prova de cadete da PM