O dentista, de 31 anos, filmado ao morder o ombro de uma mulher em uma academia de Rio Verde foi indiciado pelos crimes de lesão corporal e importunação sexual. A vítima, de 24 anos, chegou a ficar com a marca do ferimento na pela após a mordida. A delegada responsável pelo caso, Taíssa Antonella, informou que, durante o treino, o homem passou por trás e se esfreg...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários