O Ministério da Saúde irá reduzir de seis para cinco meses o intervalo para a aplicação da dose de reforço da vacina contra a Covid-19. A decisão será anunciada na terça-feira (16), em declaração à imprensa. A pasta também fará um evento no sábado (20) de vacinação em massa. A ideia é priorizar a imunização de pessoas com doses em atraso. Desde o fim de sete...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários