A Polícia Civil prendeu pela segunda vez Paulo Roberto Dias Mendes, suspeito de aplicar golpes em várias lojas usando PIX. Em 2021, ele já havia sido detido por estelionato. Operação chamada de "Lucro Fácil, Cadeia à Vista", levou à prisão do jovem considerado um dos maiores golpistas do Estado. Paulo simulava o pagamento via PIX e mostrava comprovantes falsos. “Algumas vítima...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários