Um jovem de 23 anos foi preso na última segunda-feira (25) após fingir o próprio sequestro e pedir mais de R$ 15 mil da própria mãe para o resgate. Segundo a Polícia Civil de Goiás (PCGO), a mulher procurou a delegacia “muito preocupada", mas o filho estava no apartamento dele, em Goiânia.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Eduardo Gomes, a mãe do jovem mora em Formosa, a 280 quilômetros da capital, e recebeu a ligação do filho para informar do sequestro durante a madrugada. Ele teria dito que abordado em um semáforo e que seria mutilado se não efetuasse o pagamento.

“Nós fomos até o local para identificar possíveis câmeras e fomos também no apartamento dele para ver se tinha câmeras e investigar o horário que ele teria saído para seguir os últimos passos da vítima. Foi aí que a equipe se deparou com o ele na própria residências”, contou o delegado.

O jovem estaria usando um outro número para conversar com a mãe e teria pego a conta bancária de outra pessoa para efetuar o depósito. “No início do ano, ele tinha uma dívida e a família o ajudou depois dele sofrer ameaças. Ele deve ter visto isso como uma oportunidade para ganhar dinheiro”,  explicou Eduardo.

De acordo com o delegado, a mãe, que está muito preocupada, ficou frustrada com a situação. “Tivemos que dar a notícia de que o filho dela estava bem. Foi uma decepção para ela, mas um crime aconteceu. Não houve um sequestro, mas ocorreu uma extorsão”, afirmou.

Investigação

A partir de agora, a Polícia Civil deixou de investigar o crime de sequestro para apurar a extorsão contra a mãe, que foi ameaçada. “Ela agiu como se houvesse um mal grave acontecendo, o filho ameaçou ela e afirmou que sofreria retaliações físicas caso ela não fizesse o pagamento”, finalizou o delegado.

Leia também: 

- Adolescente morre esmagado após pegar "rabeira" de caminhão, em Iporá

- Estudante goiano viraliza após convite inusitado de festa: “Não arranque a porta do freezer”