O jovem Bruno Marques Mesquita Araújo, de 18 anos, que morreu atropelado na portaria do prédio em que morava, no setor Bela Vista, em Goiânia, nesta terça-feira (8), havia sido aprovado no vestibular para o curso de Direito recentemente. Ele se preparava para sair para passear com sua cachorrinha quando um carro invadiu a guarita após colidir com outro veículo. Não havia porteiro no local. Bruno e a família frequentavam a Primeira Igreja Presbiteriana de Goiânia, no seto...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários