Inaugurado em dezembro de 2018, o Centro de Memória e Cultura (CMC) do Poder Judiciário de Goiás, instalado na cidade de Goiás, abriu nova fase para recolhimento de antigos processos que irão compor seu acervo, atendendo resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que determinou a criação do Repositório Arquivístico Digital Confiável. Cerca de 1,5 mil processos...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários