O juiz Oscar de Oliveira Sá Neto, da 7ª Vara Criminal de Goiânia, considerou uma tragédia anunciada a morte do estudante Roberto Campos da Silva, conhecido como Robertinho, de 16 anos, ocorrida na noite de segunda-feira, quando policiais do serviço reservado da Polícia Militar invadiram a casa dele no Residencial Vale do Araguaia, região leste da capital, sob a alegação ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários