A Justiça de Goiás atendeu, nesta quinta-feira (16), um pedido do Ministério Público e suspendeu, em caráter liminar, a realização dos shows de sertanejos que custariam R$ 1,59 milhão aos cofres do município de Cachoeira Alta, a 355 quilômetros de Goiânia. O "Juninão do Trabalhador" estava previsto para acontecer entre 16 e 19 de junho. O desembargador Amaral Wilson...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários