O sofrimento da família de João Lucas Silva Ferreira, de apenas 2 anos, que teve 80% do corpo queimado após uma panela com água quente cair sobre ele, tem sido perpetuado depois de descobrir que três mulheres estão usando a imagem do menino para aplicar golpes em Rio Verde. Os pais da criança se mudaram da cidade com destino a Goiânia para ficar perto do filho, que es...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários