A Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) ouviu a mãe que abandonou sua bebê recém-nascida em uma obra de Cristalina, no Entorno do Distrito Federal, no último domingo (9). A mulher de 32 anos alegou que engravidou porque foi estuprada, em outro estado, e que não queria ter a filha. Ela teria conseguido esconder a gestação da família. A criança foi encontrada por um...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários