Uma notícia de fato foi registrada no portal MP Cidadão, no dia 21 de julho, para denunciar a inconstitucionalidade de um edital publicado para concurso no Corpo de Bombeiros no Estado de Goiás. Das 612 vagas disponibilizadas, 550 são exclusivas para homens, enquanto apenas 62 são para mulheres. A discrepância virou alvo de repúdio entre entidades representativas, como a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários