O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) acredita que o recente casamento do médium João Teixeira de Faria, de 80 anos, conhecido como João de Deus, com a advogada Lara Cristina Capatto, de 50, é mais um indício de que ele possui plenas condições físicas e psicológicas para cumprir, no presídio, as penas relacionadas aos crimes sexuais cometidos por ele. Atualm...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários