O Ministério Público de Goiás instaurou nesta quinta-feira (13) inquérito civil público para investigar possíveis irregularidades no Sistema prisional goiano. De acordo com o promotor de Justiça Fernando Krebs, a decisão foi tomada após reportagem publicada pelo jornal O POPULAR, em 16 de dezembro de 2021, sobre uma carta endereçada a várias instituições, escrita de próprio punho por um dos cerca de 130 presos que a assinam denunciando um esquema de tortura dentro do Sistema Prisio...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários