2014 foi o ano mais violento da história de Goiânia, com o registro de 658 assassinatos e 39 latrocínios (roubo seguido de mortes). A violência contra a mulher ganhou destaque no ano passado, não pela ação do assassino em série Tiago Henrique Gomes da Rocha - que confessou 39 crimes de morte desde 2012, sendo 16 contra mulheres apenas em 2014 -, mas pelo recorde...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários