A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária de Goiás (DGAP) emitiu um ofício, no domingo (23), anunciando a suspensão de videoconferências realizadas nas unidades prisionais do Estado. Segundo o documento, a medida foi tomada diante da “necessidade de aprimoramento dos procedimentos técnicos e de segurança”. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção G...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários