Atualizada às 14h30. A Operação Metástase da Polícia Civil, que apura uma fraude de mais de R$ 50 milhões em pagamentos indevidos ao Instituto Goiano de Oncologia e Hematologia (Ingoh), investiga também a morte de um paciente. Alexandre Francisco de Abreu morreu, de acordo com denúncia, após ter a medicação modificada para uma de custo mais baixo. Em no...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários