Uma organização de Goiás, que se passava por um grupo de “investidores”, é alvo de operação dos Ministérios Públicos de Goiás (MPGO) e do Distrito Federal (MPDTF) nesta quarta-feira (22). As investigações apontam que o grupo convencia as pessoas a participar de um falso esquema de fabricação de dinheiro e, com isso, roubava até R$ 1,5 milhão por vítima. No total,...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários