Atualizada às 10h09.

O padre César Rafael Rodríguez Martínez morreu na noite desta quinta-feira (21) aos 94 anos, em Goiânia. O religioso estava internado no Hospital Anis Rassi com pneumonia broncoaspirativa e insuficiência renal.

O velório terá início às 9 horas desta sexta-feira (22) no Espaço Confiança do Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima com entrada pela Rua 6-A. Uma missa de corpo presente será realizada às 15h30 na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Setor Aeroporto. O corpo de padre César será sepultado no cemitério Jardim das Palmeiras, na capital.

Padre César nasceu no dia 26 de maio de 1927, no vilarejo de Villarroañe, na Província de Leon, na Espanha. Após ser ordenado, o religioso foi enviado para Jataí, onde passou a maior parte de sua vida. No sudoeste goiano, o padre foi condecorado com os títulos de cidadão Goiano e Goianiense.

Evangelização

Padre César teve papel importante na evangelização, principalmente de jovens, e fundou os movimentos Eureka e Coração Inquieto. Teve participação ativa em Cursilhos de Cristandade tanto na capital quanto em municípios vizinho. O religioso foi o primeiro capelão da Capela Santa Mônica atuando no movimento Mães de Mônica.

Nota de pesar

O prefeito Rogério Cruz, em nota, lamentou a morte do padre César e prestou condolências aos familiares, amigos e fiéis. No comunicado, o gestor destacou que o religioso “dedicou sua vida aos ensinamentos da Palavra de Deus, fez da educação poderoso instrumento para edificar vidas e contribuir para a formação das bases de uma sociedade solidária e fraterna.”

Leia a nota na íntegra:

Nota de pesar do prefeito Rogério Cruz pelo falecimento do padre César Rafael Rodríguez Martinez

Recebi, com consternação e pesar, a notícia do falecimento do padre César Rafael Rodríguez Martinez, que nos deixa aos 94 anos de idade. 

Dedicou sua vida aos ensinamentos da Palavra de Deus, fez da educação poderoso instrumento para edificar vidas e contribuir para a formação das bases de uma sociedade solidária e fraterna. 

Natural da província de Castela, na Espanha, padre César Rafael Rodríguez Martinez chegou em Goiás nos anos 1950, na cidade de Jataí, e depois mudou-se para Goiânia, onde foi um dos responsáveis pela consolidação do Colégio Agostiniano, fundado em 1964.  

Exemplo de caráter, retidão, amor e dedicação ao próximo, contribuiu com a formação de milhares de jovens.

Padre César será sempre lembrado pela abnegação, prática da caridade, e comprometimento com os valores cristãos. 

Nossa gratidão eterna por ter iluminado caminhos com sua mensagem de fé e esperança. Que possamos nos unir em orações para que Deus console os corações de familiares, fiéis e amigos neste momento de grande tristeza. 

Rogério Cruz
Prefeito de Goiânia

Leia também:

Morre padre João de Bona Filho, aos 70 anos, em Goiânia