A Polícia Civil de Goiás concluiu o inquérito que apurou a morte de uma criança de 11 anos atingida por um tiro disparado pelo próprio pai, em Formosa, no Entorno do Distrito Federal, em maio deste ano. As investigações apontaram que o disparo não foi intencional, mas que o pai desobedeceu a várias regras de segurança no manuseio da arma e, por isso, ele foi indiciado ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários