Em Goianésia, a cerca de 180 km de Goiânia, o pedreiro Valdir Pedro Peripato, de 58 anos, morreu na manhã deste sábado (20) depois de cair de um telhado em um galpão onde fazia reparos. As telhas não suportaram o peso do trabalhador que caiu de uma altura aproximada de cinco metros. 

Chamadas ao local, equipes do Corpo de Bombeiros Militares e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) nada puderam fazer. Valdir morreu no local da queda em razão de politraumatismo. O corpo, após perícia no local, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Goianésia