Com aumento de 101% no número de internações de ciclistas envolvidos em acidentes de trânsito, Goiás foi considerado pela Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) o estado mais perigoso para quem quer andar de bicicleta. O presidente da Federação Goiana de Ciclismo (FGC), William Lara, afirma que o problema ainda está muito associado à falta de educação n...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários