Vereadores querem avaliar melhor projeto de lei do Plano Diretor

Doze vereadores dizem ao POPULAR que vão avaliar melhor o relatório do projeto de lei complementar, que dispõe sobre o Plano Diretor de Goiânia (PDG), antes de decidir o voto em plenário. Entre eles estão Pastor Wilson (PMB), Paulo Henrique da Farmácia (PTC), William Veloso (PL) e Kleybe Morais (MDB), membros da Comissão Mista que votaram a favor do projeto no colegiado. Além deles, a vereadora Aava Santiago (PSDB) anunciou mudança de posição e agora vai votar contra a matéria.

O anúncio da tucana foi divulgado durante o fim de semana, após a repercussão da votação na Comissão Mista, na última quarta-feira (5). Como o POPULAR mostrou, após 13 minutos do envio do relatório pelo grupo de Whatsapp dos vereadores que integram o colegiado, o parecer foi aprovado com o único voto contrário do vereador Mauro Rubem (PT). Nesta segunda-feira (10), a reportagem procurou os outros vereadores para saber como será seu voto quando o projeto for pautado em plenário.

Com chuvas, estradas e rios em Goiás estão sob estado de alerta

Todo o estado de Goiás segue em alerta por conta das chuvas, que continuam intensas por pelos menos mais dois dias. A Defesa Civil estadual continua monitorando locais que podem oferecer mais riscos, especialmente no vale do Araguaia, área  que abrange porções nas Regiões Central e Nordeste. O Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas de Goiás (Cimehgo) prevê bloqueio das chuvas a partir do dia 15 deste mês. Mesmo assim, os rios devem continuar cheios.

Chefe do departamento de gestão de riscos da Defesa Civil estadual, o capitão do Corpo de Bombeiros, Ricardo Oliveira destaca que o alerta vale para todo estado porque a chuva ainda segue intensa em todas as regiões. Assim, praticamente todas as regiões possuem rios que podem transbordar, por exemplo. “A atenção principal é para rios e rodovias. Nossa ação é para conter possíveis riscos, além de levar ajuda humanitária, como na região de Cavalcante.”

Casos positivos de Covid-19 disparam e Saúde investiga 10 suspeitas de flurona em Goiás

A demanda por exames de Covid-19 aumentou cerca de 30% no Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO), referência para a identificação da infecção por coronavírus. O porcentual de positividade, de acordo com a Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO), também cresceu, passando de 14,46% na última semana epidemiológica de 2021, para 28,05% na primeira deste ano.

Ao POPULAR, a pasta também informou que o Estado tem 10 casos suspeitos de flurona – infecção simultânea de coronavírus e do vírus da influenza. Somente um caso de coinfecção de dengue e Covid-19 estava em investigação, mas já foi descartado.