Há cerca de cinco meses, uma cadela caramelo que até então vivia nas ruas apareceu na 22ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itapuranga, no Centro do estado, e decidiu que seria ali a sua casa. Batizada de Maria Divina, hoje a vira-lata é a mascote dos militares e o xodó de todos do batalhão. Para o cabo Vinicius Siqueira, foi a cadela que adotou o local como seu lar.

Ao POPULAR, Siqueira conta que Maria Divina apareceu certo dia e foi ficando nos arredores do local, com o aval dos militares. Até que eles decidiram adotá-la de vez. Hoje, a cadela, que chegou magra e debilitada, tem sua própria cama, água e comida sempre que quiser e o carinho dos policiais.

“Ela é super dócil, mas já entendeu que ali é a casa dela e não deixa outros cachorros entrarem no quartel. Também nos avisa quando chega alguma pessoa na unidade militar”, conta o cabo Siqueira.

Maria Divina, que tem até sua própria farda, se adaptou tão bem em seu novo lar que faz até pose na viatura. “Ela vai receber cada policial quando chega na viatura. Como nosso pátio é grande é fechado, ela fica super a vontade. Todos os dias cedo no hasteamento da bandeira ela está junto aos policiais”, disse o PM.

Leia também:
- Homem faz churrasco após reencontrar cachorro que sumiu às margens do Araguaia