Na última quinta-feira (12), a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra Consumidor (Decon), prendeu dois homens que realizavam fabricação e comércio ilegal de palheiros falsificados. Aproximadamente 7 mil carteiras foram apreendidas na ação e a produção abastecia o mercado formal e informal de Goiânia e do interior. Pai e filho foram presos suspeitos pela p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários